Água dura: entenda o que é e o que fazer para resolver

Você sabia que uma água pura e equilibrada é importante não só para a nossa saúde? Isso mesmo! A qualidade da água interfere também na manutenção dos equipamentos, sejam eles da nossa casa ou da nossa empresa.

Um ponto importante a ser analisado na nossa água é a famosa “água dura”.

Para a química, uma água é considerada ‘dura’ quando há excesso de cálcio e magnésio. Especificamente, acima de 120mg por litro. Esse tipo de água possui sais que são insolúveis em água e reagem com os ânions dos sabões, produzindo compostos insolúveis.

Quais os problemas que a água dura causa? 

Quando a água se torna dura, fica impedida de realizar a ação de limpeza e pode trazer diversos prejuízos, principalmente econômicos. Os sais presentes neste líquido podem ficar acumulados em tubulações, entupindo ou enferrujando, contaminando a água que está em contato com ela. Além disso, utilizar água dura para fazer alimentos como vegetais, por exemplo, fazendo com que os mesmos endureçam ao invés de amolecer. Ela também pode tornar o sabão incapaz de fazer espuma e deixar manchas nos copos mesmo após a lavagem.

Outros problemas que podem ser decorrentes de uma água dura são: 

  • Manchar roupas; 
  • Ressecar pele e cabelos; 
  • Entupimento de canos, chuveiros, torneiras e conexões hidráulicas – principalmente por onde passa água quente; 
  • Na indústria, pode haver o risco de acidentes como a explosão de caldeiras 
  • Corrosão acelerada de componentes elétricos. 

Mas como identificar a presença dessa água na minha casa ou empresa?

Uma forma simples e eficaz de descobrir se a água que você utiliza é dura é através do teste da espuma. Pegue um sabão ou uma pasta de dente e utilize. Se o produto fizer pouca espuma ou não fizer nada, a chance de a água ser dura é muito grande e você pode estar utilizando mais sabão na hora do banho, lavagem de roupas, carro e outras situações rotineiras.

A água dura faz mal para a saúde?

Não existem estudos que comprovam que a água dura faz mal para a saúde, mas há alguns indicativos de que o consumo em excesso pode causar maior incidência de cálculo renal. A água dura também pode implicar em maior quantidade de sal, que causa um gosto salobro, contribuindo para que a sede não seja eliminada e causando efeitos laxativos.

Tratamento para a redução dos sais na água dura

O tratamento realizado para a eliminação da água dura é identificado como descalcificação e consiste na passagem de água por resinas trocadoras de íons que captam o cálcio e o magnésio presentes. Os descalcificadores são aparelhos que apresentam resinas permutadoras em seu interior, responsáveis por reter o cálcio e o magnésio, transformando a água em macia (ou mole), mais própria para uso e consumo.

Viu? É possível resolver mais este problema e tornar a sua água ainda mais pura e de qualidade!

Conheça o Purificador Facile C9, que reduz a dureza da água. Indicado para aplicações residenciais.

Para soluções em grande escala, entre em contato com uma empresa especializada!

agua-dura-mancha-torneira-e-copo

Mais postagens que você pode achar interessante